(47) 3522-4949
Sacola de Compras

* Calcule seu frete na página de finalização.

* Insira seu cupom de desconto na página de finalização.

Gás R134a 13,60Kg

Gás Refrigerante R134a 13,60Kg - Eos 



Aplicações:

- Equipamentos de Refrigeração Doméstica, Comercial e Industrial;
- Condicionador de Ar Automotivo
- Chiller

O Refrigerante R-134a não agride a camada de ozônio, pois é HFC - hidrofluorcarbono. O fluido R-134a é uma substituição para o R-12, que possui em suas substâncias moleculares componentes que agridem a camada de ozônio. O R-12 foi banido em 2010, tanto para produção como para comercialização. Porém, muitos equipamentos ainda estão instalados com este fluido. O R-134a é usado em sistemas de refrigeração de médias e altas temperaturas de evaporação (acima de -7º C).

Apesar de ser muito indicado para sistemas novos, pode, porém, pode ser uma boa opção para Retrofit, desde que observados os aspectos técnicos, como troca do óleo lubrificante do compressor e troca do dispositivo de expansão.

Em caso de perda ou vazamento, um sistema com o R-134a pode ser completado com o fluido para retornar com a quantidade desejada. Não é necessário retirar todo o produto.

Todos os sistema de refrigeração e ar condicionado que utilizam HFC-134a podem utilizar também o óleo lubrificante POE - poliolester para o compressor. Para os condicionadores de ar automotivos, deve-se usar o óleo lubrificante PAG - polialquileno glicol.

O fluido refrigerante R-134a é fortemente recomendado para o uso em condicionadores de ar automotivo, pois sua temperatura é bem mais baixa quando comparamos com o fluido refrigerante R-12, além de não possuir nenhum componente agressivo a camada de ozônio, garantia de utilização pelo Protocolo de Montreal.

Benefícios do R-134a:

- É indicado para aplicação em condicionador de ar automotivo;
- A temperatura de descarga do compressor é significativamente mais baixa quando comparada à do R-12;
- HFC: não apresenta potencial de degradação da camada de ozônio: Sua utilização não será interrompida devido ao Protocolo de Montreal;
- Baixa toxicidade, similar ao R-12;
- Não é inflamável.